Checagem de fatos e responsabilidade na gestão de conteúdo e redes sociais

As famigeradas fake news estão entre nós há séculos, e de alguns anos pra cá se espalharam nas mídias digitais como um vírus, que assim como o coronavírus, em 2020, ainda não conhecemos um antídoto.

Responsabilidade Social não é ativismo

Mesmo sendo responsável por um pequeno negócio, que fornece produtos ou serviços sem qualquer vínculo com pautas sociais, você vive em sociedade, logo a responsabilidade com a sociedade não é algo opcional e sim um dever com sua audiência e com a sociedade no geral.
Conhecer as regras da sociedade em que vive e produzir um conteúdo que não desrespeite as regras de convivência pode parecer fácil quando se olha de um ponto de vista único e não busca conhecer outras realidades. Mesmo sem querer, você pode reproduzir conteúdo que seja ofensivo para parte da sociedade, por isso deixei aqui algumas dicas para ter um conteúdo responsável:

  • Produza pensando na sua audiência e não na sua bolha – Pense que dentro da sua audiência, por mais segmentada que seja, existe diversidade étnica, de gênero, classe social, orientação sexual;
  • Saiba diferenciar gosto de posicionamento político – Gostar de uma fruta, uma cor, até mesmo uma música, é diferente de expressar um posicionamento político, pois seu posicionamento interfere na forma de vida, e muitas vezes até na existência de outras pessoas.
  • Alimente suas redes com o tipo de conteúdo que deseja ter de feedback – Falar de coisas boas e dar foco nos benefícios de seus produtos ou serviços é o que a maior parte das pessoas já fazem e aplicar essa mesma dinâmica nos posts da vida pessoal pode deixar seus canais com ares mais alegres.

Checagem de fatos fora do jornalismo

Se você é acadêmico ou já fez parte do mundo acadêmico pode estar habituado aos métodos científicos para publicações, se você está fora do mundo acadêmico, assim como eu, essa dica é pra você.
A transparência no conteúdo pode otimizar o seu trabalho quando falamos de “fact checking”, pois mesmo que não seja um conteúdo jornalístico, existem alguns cuidados que você pode tomar para não reproduzir fake news:

  • Mesmo se você domina o assunto, pesquise! – Por mais que você tenha formação e domine determinado tema, a ciência avança com o tempo e o que você aprendeu na faculdade pode ter mudado com o passar dos anos, por isso é sempre bom revisitar temas que já conhece, a fim de ter conteúdo atualizado.
  • Revele suas fontes – Essa dica é para temas em que a resposta é algo em aberto, temas novos e que existem estudos ainda em andamento. Como a pandemia do novo coronavírus tem nos mostrado, existem muitas questões sem uma resposta objetiva, binária, um sim ou um não, para esse tipo de conteúdo é sempre bom deixar um “de acordo com a pesquisa feita pela instituição X….”, desenvolvendo sua opinião em cima das questões que estão em aberto.
  • Se não entende de algum tema, deixe isso claro – Mais uma vez voltamos na transparência, pois mesmo você sendo dermatologista especialista em doenças da pele, em algum momento você pode se deparar com questões que nunca pesquisou a respeito. Não é vergonha você deixar claro que não pesquisou sobre e pode pesquisar para trazer uma opinião em um próximo conteúdo, acredito ser mais constrangedor fazer afirmações de algo que não entende e espalhar informações falsas por uma questão de orgulho.

Como ter um conteúdo responsável sem investir muito tempo em pesquisa?

Você vai precisar de algum tempo para pesquisa, estaria ignorando todas as dicas anteriores se apresentasse aqui uma fórmula mágica. Existem alguns caminhos que você pode seguir para otimizar esse tempo e deixo aqui alguns deles:

Objetividade – Tenha um tema em mente e limite-se ao tema. Você pode colocar referências do conteúdo que está tratando, mas não precisa descrever todo o caminho até chegar ao conteúdo. Trabalhar o formato de perguntas e respostas pode ser interessante. Definir quais perguntas você vai responder com o post.

Quebre o conteúdo – Se o tema é complexo e não há escapatória, você pode estruturar o conteúdo em tópicos e produzir uma série com o tema, quebrando em partes que se complementam e também façam sentido quando isoladas.

Busque feedback – Finalize os posts chamando o leitor para interação, com o feedback dos comentários ou mensagens você pode produzir outros conteúdos se aprofundando mais no tema e respondendo às dúvidas mais comuns.

Conclusão e considerações

Produzir conteúdo de qualidade não é fácil e sempre vai existir audiência para seu conteúdo, você só tem a ganhar investindo tempo em produção de conteúdo responsável e evitando disseminar informações falsas, falando ou escrevendo para o maior número de pessoas possível.

Espero que goste do texto, se quiser contribuir para o debate por favor comente com sua dúvida, opinião ou sugestão 🙂

Renan Moratto

Especialista em marketing digital à frente da TRENDit, desenvolvedor web trabalhando com publicidade e marketing digital há mais de uma década. Apreciador de boas cervejas, ciência, cultura de rua e bons roteiros.

Comente